Os Jogos mais esperados de 2013

Para além desta contagem costumo sempre fazer uma lista dos que foram, para mim, os melhores jogos do ano. Dado que joguei muito pouco, infelizmente este ano não me vejo capaz de o fazer e, portanto, qualquer coisa que fizesse nesse sentido estaria à partida seriamente debilitada. Porém, isso não me impossibilita de ter grandes expectativas para o próximo ano e ter uma série de jogos que me fazem crer que 2013 será tão bom ou melhor que o ano que acaba de passar. Os dez jogos que se seguem são fruto da minha opinião e gosto pessoal, sendo então natural que não seja compatível com as “listas” de todas as pessoas. Segue-se então a contagem dos dez jogos mais esperados para 2013.

Happy New Year

10 –The Phantom Pain (Metal Gear Solid 5?) / Playstation 3 e Xbox 360

O que se sabe acerca deste jogo é pouco (e grande parte destas informações podem nem ser verdade) mas a presença de The Phantom Pain tem mais do que se lhe diga à primeira vista.

O que foi apresentado no primeiro trailer tem tudo para me suscitar interesse mas estaria a mentir se não dissesse que o verdadeiro motivo de The Phantom Pain estar neste top se prende com os rumores e histórias que acompanharam no seu anúncio nos Video Game Awards 2012 e que o relacionam com um novo Metal Gear Solid.

Tomando o jogo apenas como um novo IP, The Phantom Pain é suficientemente interessante para estar na lista de jogos que espero para o próximo ano mas, tivesse a certeza de que era um novo Metal Gear Solid (e nesse caso, a máquina de marketing da Kojima Productions está de parabéns), provavelmente este jogo estaria muito melhor posicionado.

9 – Lightning Returns: Final Fantasy XIII / Playstation 3 e Xbox 360

Apesar de algumas pessoas terem gostado, Final Fantasy XIII foi uma desilusão e Final Fantasy XIII-2, mesmo que tenha corrigido grande parte dos erros cometidos no anterior, também não reuniu consenso.

Porque está então o terceiro jogo da Lightning neste top? Para começar porque as mecânicas de jogo se prendem com a gestão de tempo, algo que me faz lembrar um dos meus jogos preferidos, The Legend of Zelda: Majora’s Mask. Outro motivo que me faz olhar com interesse para esta continuação da estória da Lightning é o sistema de combate, drasticamente diferente da norma de Final Fantasy (com recurso a a party’s) e que remete para jogos como Eternal Sonata ou Valkyrie Profile: Silmeria.

Promete ser bastante diferente dos antecessores mas, dada a situação, vejo esta mudança da Square-Enix como algo de positivo e merecedor de atenção.

8 – The Last of Us / Playstation 3

Os três Uncharted são bons jogos mas nunca compreendi a grande atenção que sempre tiveram. Sempre os achei desprovidos de desafio e, mesmo que goste de narrativas do estilo de Indiana Jones, acho que não são merecedores de tantos elogios.

The Last of Us parece bem mais interessante. Um dos grandes pontos de interesse do jogo é a relação entre Joel e Ellie, duas personagens à partida tão diferentes e que decerto irão evoluir ao longo da narrativa.

Gosto deste tipo de jogos onde conseguimos ver as personagens e a relação entre elas a evoluir. Esta relação é também posta à prova no mundo distópico onde espreitam perigos na forma de salteadores e zombies repletos de fungos. Tudo isto parece dar forma a um jogo suficientemente diferente de Uncharted para que possa gostar.

7 – Dark Souls II / Playstation 3, Xbox 360 e PC

Um dos melhores RPG’s dos últimos anos está de volta com esta continuação que promete voltar a fazer as delícias de todos os masoquistas por esse mundo fora.

Ainda só foi revelado um trailer e as informações já conhecidas que dão conta de uma mudança de produtores não são confortantes mas, se tivermos presente que se trata de uma das grandes séries da actualidade, então é justo que se olhe com confiança para este Dark Souls II.

6 – DmC: Devil May Cry / Playstation 3, Xbox 360 e PC

Agora que já todos tivemos a oportunidade de experimentar a demo de DmC o que podemos esperar da versão final, que irá chegar às lojas já neste mês de Janeiro?

Como é natural a demonstração não permite saber muito acerca da narrativa e, portanto, é impossível dizer se a direcção dada pela Ninja Theory terá sido ou não a melhor mas, no que ao combate diz respeito, penso que podemos ficar descansados.

A quantidade de combinações é suficientemente grande para incentivar à experimentação e tão frenético que irá ocupar qualquer fã deste tipo de jogos de acção. Dada a experiência pouco satisfatória que tenho tido com os jogos anteriores da Ninja Theory ainda estou reticente com DmC mas pouco falta para tirarmos as conclusões.

5 – Castlevania: Lords of Shadow 2 / Playstation 3 e Xbox 360

O primeiro jogo da saga Lords of Shadow pode ter passado ao lado de muita gente mas foi suficientemente bem recebido para ter direito a uma continuação.

A história de Gabriel Belmont irá continuar em 2013 não só em Castlevania: Lords of Shadow 2 mas também em Castlevania: Lords of Shadow – Mirror of Fate, um jogo para a Nintendo 3DS que irá contar a história dos descendentes de Gabriel, agora Drácula.

Castlevania: Lords of Shadow 2 irá permitir aos jogadores tomar controlo do princípe das trevas e usar todos os seus novos poderes, algo deveras promissor. Com dois jogos a caminho, 2013 parece ser um ano bom para a série Castlevania.

4 – Metal Gear Rising: Revengeance / Playstation 3 e Xbox 360

Não há dúvida que a produção de Metal Gear Rising foi atribulada. A equipa “junior” da Kojima Productions não conseguiu concluir o jogo e a Platinum Games entrou em cena, influenciando o jogo com a sua experiência em jogos de acção no que parece resultar um dos melhores jogos do género hack ‘n slash de 2013.

Metal Gear Rising: Revengeance irá voltar a pôr Raiden nas mãos dos jogadores de uma forma muito semelhante à que se viu em Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots, juntando mais sequências de acção over the top e mais mechs do que Solid Snake poderia destruir.

Já era um fã do extinto Clover Studio (da Capcom) e, desde que foi fundada, que sou fã da Platinum Games.

Nenhum jogo desta produtora me desapontou e, dado que sou um aficionado tanto de jogos de acção como da franchise Metal Gear, não vejo como Metal Gear Rising: Revengeance o poderá fazer.

3 – Grand Theft Auto V / Playstation 3, Xbox 360 e PC

O ano de 2008 já vai longe e depois de tanto tempo será em 2013 que GTA V verá a luz do dia. O estado de San Andreas irá regressar e é de supor que todos os locais icónicos visitados em GTA: San Andreas marcarão presença.

Para os que achavam que a série GTA havia estagnado a Rockstar preparou uma surpresa ao deixá-los encarnar não um mas três protagonistas, entre os quais podem trocar conforme a sua vontade. Esta característica irá ser algo fundamental no jogo e poderá marcar todos os futuros jogos da série.

O lançamento de um GTA é sempre um acontecimento digno de nota e prevê-se que a chegada ao mercado de GTA V não fuja à regra mas um dos grandes motivos ocupar este lugar é mesmo o regresso a San Andreas, uma das localizações virtuais mais memoráveis para mim.

2 – Bioshock Infinite / Playstation 3, Xbox 360 e PC

Bioshock é um dos grandes jogos desta geração (e também um dos meus preferidos) e Rapture parece ter marcado a indústria de uma maneira que poucas cidades o fizeram (mesmo que a categoria ‘Melhor Cidade’ não exista).

Ken Levine pretende causar o mesmo impacto com Columbia, a cidade aérea de Bioshock Infinite, de onde o protagonista Booker DeWitt terá de resgatar a cativa Elizabeth, uma jovem mulher com poderes sobrenaturais.

Porém, esta missão não será tão fácil quanto parece pois Columbia atravessa uma guerra civil e as duas facções procuram capturar Elizabeth para a usar na sua causa. Espera-se mais uma narrativa marcante com contornos políticos e filosóficos assim como acesos combates com recurso a armas de fogo e habilidades sobrenaturais, dois elementos que marcaram tanto o Bioshock original.

O que foi mostrado até agora é mais que suficiente para ter expectativas bastante elevadas e, por incrível que pareça, temo que o jogo acabe por as superar.

1 – Metal Gear Solid: Ground Zeroes / Playstation 3 e Xbopx 360

A estória de Solid Snake pode ter terminado em Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots mas o percurso de Big Boss parece ainda não ter sido suficientemente explorado, um bom motivo para voltar a protagonizar um jogo da série.

Apesar de se desconhecer no que irá consistir a narrativa, sabe-se que tomará lugar a seguir a Metal Gear Solid: Peace Walker e, no seguimento dos acontecimentos, este jogo irá oferecer um Big Boss mais velho, mais experiente, maduro e um verdadeiro líder da companhia militar Militaires Sans Frontières.

Hideo Kojima já prometeu que o jogo terá um mundo aberto (que Big Boss poderá explorar e aceder a missões), um ciclo dia/noite e um sistema de construção de estruturas semelhante a Peace Walker. O jogo fará também a estreia do novo motor gráfico da Kojima Productions, o Fox Engine, que dá forma ao belo grafismo mostrado no trailer de introdução do jogo.

Ainda não é certo que Metal Gear Solid: Ground Zeroes seja lançado este ano mas, sendo Metal Gear Solid 4 um dos meus jogos preferidos, não seria possível ansiar mais por um jogo que não este.

Menções honrosas:

– Tales of Xillia
– StarCraft II: Heart of the Swarm
– Anarchy Reigns
– The Wonderful 101
– God of War Ascension
– Bayonetta 2
– Mew-Genics!
– Watch Dogs
– Rainbow 6: Patriots
– Beyond: Two Souls
– Pupeteer
– Remember Me

Posto isto, gostaria de agradecer a todos os que ainda lêem o que escrevo e que tomam um pouco do seu tempo para comentar. Contem comigo para mais um ano!

Metal Gear Solid - Ground Zeroes

Anúncios

One response

3 01 2013
Fábio

Bom ano!
Cumprimentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: